Primeiramente vamos entender do que se trata de engajamento.

Engajamento se trata de um nível de envolvimento dos colaboradores, que vai além de simplesmente serem motivados, mas sim estarei num nível de proatividade, e esforço dentro dos objetivos da empresa. 

Dentro desse contexto, estudos têm demonstrado que o engajamento pode atuar como um promotor de maiores índices de bem-estar e desempenho organizacional.

O que é o engajamento? O engajamento se trata de um estado mental positivo caracterizado por um alto nível de energia que desencadeia uma sensação de bem-estar, preenchimento e identificação com o trabalho.

A definição do conceito decorre de um vínculo psicológico, afetivo e emocional com o emprego. Os funcionários engajados, não são apenas os motivados, mas principalmente os que são proativos e esforçados com os objetivos da empresa, sempre com o intuito de alcançar os melhores resultados, para o sucesso da empresa. Colaboradores engajados são aqueles que realmente “vestem a camisa” da empresa, eles têm paixão pelo que fazem.

COMO MONTAR UM PLANO DE AÇÃO PARA O ENGAJAMENTO DOS COLABORADORES?

Primeiramente tenha os objetivos estratégicos da sua empresa, para pensar em ações coerentes com o propósito e a realidade da sua organização. Aqui sugerimos alguns passos:

  1. Ouça o que os colaboradores têm a dizer;
  2. Trace um plano a partir do que ouviu os colaboradores;
  3. Acompanhe o processo e recompense os resultados;

 

Como podemos entender a realização de cada etapa?

Descubra quais ações serão ideais para o seu time. É muito importante a abertura para os colaboradores expressarem suas necessidades e indicarem condições que podem favorecer uma melhor produtividade. Desenvolva uma pesquisa com todos os colaboradores para entender as preferências deles. Por meio dela, você vai descobrir os principais pontos que incomodam seus funcionários e vai agir para deixa-los mais satisfeitos e engajados.

Essa pesquisa deve ser simples e direta, basta criar algumas perguntas básicas. Exemplos sugeridos:

  • Quão estimulante é seu trabalho?
  • O que pode melhorar em nossa empresa?
  • Qual a chance de você indicar a empresa que você trabalha para alguém?
  • Qual o seu nível de satisfação com seu trabalho?

No segundo momento, você deverá traçar o planejamento a partir da demanda dos colaboradores e da necessidade da sua empresa. Faça uma análise do que mais apareceu na pesquisa, como isso afeta a empresa, e defina ações e objetivos em cima desses dados.

É muito importante deixar os objetivos claros para todos, assim como seus benefícios.

Defina metas claras, isso ajudará as pessoas a direcionarem seus esforços, produzindo motivação e engajamento.

 Depois de objetivos definidos, faz-se necessário estabelecer os meios pelos quais eles irão ocorrer, ou seja, como as ações serão executadas e a sequencia lógica para garantir que os melhores resultados sejam obtidos.

Exemplos de objetivos: “Aumentar o conhecimento técnico da equipe.”

Você deverá traçar planos que envolvam, expandir os conhecimentos dos colaboradores.

Como colocar isso em prática?

  • Você deverá viabilizar cursos/treinamentos externos em instituições de ensino;
  • Levar treinadores/professores para dentro da empresa;
  • Criar um circuito de palestras e workshops, também é muito interessante.

Lembre-se que toda organização para crescer e prosperar, precisa de colaboradores mais preparados e qualificados.

+++ LEIA TAMBÉM :O que a Academia Brasil Postos pode fazer por você e sua equipe. Descubra!

Como você deverá acompanhar os processos e recompensar os resultados?

Para acompanhar o processo e saber se os colaboradores estão cumprindo as tarefas e atingindo os objetivos, uma ótima opção é criar um cronograma de envios de relatórios ou de apresentação de resultados individuais, ou em equipe.

Não esqueça de levar em conta a cultura da empresa ao pensar nas gratificações. Temos alguns exemplos interessantes que são: melhores condições de trabalho, reconhecimento, e oportunidades de novos cargos e crescimento na empresa.

As iniciativas para o engajamento de funcionários precisam ser adaptadas às necessidades e motivação de cada indivíduo.

Por isso, deve ser pensada a forma estratégica e em conjunto, visando incentivar o time e fortalecer o vínculo entre eles.

Para isso pensamos em algumas dicas que poderão ajudá-los a conseguir esse engajamento de uma forma que traga realmente resultados satisfatórios.

a. Desenvolva lideranças positivas: uma empresa que mantém um time engajado, tem que contar com líderes que sejam aliados e que sejam capazes de motivar e     engajar os funcionários do seu time, com os objetivos da empresa. Ele deve ser um exemplo para os demais funcionários, representando os valores e crenças da empresa. Afinal, são eles que melhor conhecem seus times e saberão quais são as melhores ações de engajamentos de equipes a serem adotadas.

b. Invista na capacitação dos colaboradores: para exercer, afinal sabemos que a falta de conhecimento é uma das causas para os funcionários se manterem desmotivados e improdutivos. Portanto mostre que sua empresa se preocupa em aprimorar suas habilidades. Com tudo isso a capacitação técnica ajuda o colaborador a entender a sua real importância para empresa e da execução correta de suas funções, estimulando seu aprendizado e satisfação profissional.

c. O PDI (programa de desenvolvimento individual): também é uma forma eficaz de monitorar o desenvolvimento de diferentes competências de um colaborador. Quanto mais consistente ele for, maiores chances de sucesso.

d. A avaliação de desempenho: também tem como objetivo mapear quais competências precisam ser desenvolvidas, e quais precisam ser adquiridas por cada indivíduo avaliado. A partir dos resultados, é possível montar PDIs com base nas competências que o colaborador precisa desenvolver.

e. Ofereça oportunidades de crescimento: sentir que possui chance clara de evolução dentro da empresa é um dos fatores mais valorizados pelos funcionários.

f. Adote uma cultura organizacional engajadora. Podemos dizer que essa é uma das ações de engajamento de equipes mais desafiadoras, pois é preciso enraizar o processo no time interno, e provavelmente, você encontrará alguma resistência. Por isso é importante que a empresa tenha uma cultura consolidada, que será possível disseminá-la através de metas e objetivos para as equipes.

Conclusão: Com tudo isso que foi colocado até agora, concluímos que, existem algumas ações sobre engajamentos de funcionários com a empresa; afinal funcionários engajados podem ser considerados como os principais responsáveis para que uma empresa alcance resultados mais expressivos.

As ações de gestão de pessoas dentro das empresas precisam ser eternamente melhoradas, pois consequentemente a produtividade e as ações de engajamento podem ser determinantes para o sucesso da organização. 

Um líder jamais poderá ser um simples “cobrador de metas”, hoje as empresas buscam gestores que consigam desenvolver o potencial dos colaboradores e estimulá-los, e infelizmente nem sempre sabem fazer isso. É aí que entram as equipes de RH com atividades que compõem o programa.                                                           

 


A Consultora Cristina Lima é colunista da Academia e Brasil Postos e escreve temas como a gestão de pessoas, comportamento, treinamentos de equipes, gestão do posto e da loja de conveniência.

Atua no mercado de combustíveis desde 2001, com treinamentos ministrados para a Petrobras em 82% dos estados da federação, como também para o DF, aliada à sua formação acadêmica na área educacional como Pedagoga, com especialização em Gestão escolar. A Especialização no formato MBA em Gestão de Pessoas, veio solidificar seus conhecimentos que a qualificam para conduzir sua equipe de consultores de treinamentos e construção de projetos de Gestão de Pessoas.

Atualmente atua como consultora na área dos postos e Lojas de conveniência para Raízen / Shell em todo o Brasil. Alguns treinamentos realizados:

• Venda mais Loja Shell Select;
• Liderança Ativa para Lojas de Conveniência;
• Experiência Shell V Power;
• Venda mais lubrificantes;
• Técnicas de mershandising para lojas de conveniência;
• Exposição e organização de produtos nas lojas de conveniência;
• Treinamento de abertura de lojas (arrumação de gondolas, prateleiras e geladeiras);

+++ Lojas de Conveniência , seus segredos e encantos – Como conseguir resultados positivos

+++ Líderes de resultados – Novo Normal em Postos e Conveniência

+++ O Mundo V U C A – Aplicado ao Momento da Revenda de Combustíveis e Lojas de Conveniências

+++ Quais as DORES você enfrenta na gestão do posto?

+++ Lançamento Oficial da Academia de Ensino Brasil Postos. Confira !

+++ Dormiu frentista e acordou gerente! E agora? Assista ao vídeo

Assista ao Webnário com Cris Lima 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here