Os Postos de Combustíveis estão enfrentando uma crise sem precedentes, com queda de volumes, margens engolidas por custos financeiros cada vez mais apertados, concorrência desleal e ainda sofrendo por um abraço esmagador de Urso das Distribuidoras.

Mas nem tudo é desilusão nessa rota de sucesso, o terceiro setor tem se mostrado muito rentável e, apesar de tudo, avança em direção a um crescimento importante. Nesse aspecto, os Postos que apostaram nessa reinvenção, se deram bem.

As máquinas de lavar automáticas, tiveram também um caminho difícil no Brasil, pelo menos, nos últimos 35 anos, equipamentos importados da Alemanha e da Itália, com altos custos de investimento, foram dizimados pela máxima de que riscavam os carros enquanto lavavam.

Essa história foi terrível para a proposta de prestação de serviços nos Postos, pois muitos acabaram sucateando essas máquinas em função acabarem por perder clientes ao invés de ganhar. Mas, o tempo passou e essa milionária indústria também se reinventou e hoje, oferecem máquinas cada vez mais voltadas às necessidades dos clientes que, a cada dia, também mudam suas exigências.

Os rolos de lavagem possuem um material novo, chamado de E.V.A. (significa um processo de alta tecnologia que mistura Etil, Vinil e Acetato), que além de não mais riscarem a pintura, com o auxílio de novos produtos, acabam polindo o esmalte dos veículos, dando-lhes uma nova aparência, tão desejada por seus donos.

Esses novos equipamentos foram projetados para lavagem de grandes frotas de caminhões, ônibus e vans, mas também se desenvolveram para automatizar os processos de lavagem em Postos de Combustíveis. projetados para a lavagem externa de carros e utilitários, com alto nível de eficiência e baixo custo operacional.

Novos designs super modernos, embarcam tecnologia de ponta, com níveis de automação que aceitam até comandos por aplicativos no celular do cliente, ou mesmo pelo uso de QR Code impresso no caixa do Posto.

O dono da máquina tem acesso “on line” às estatísticas de faturamento do equipamento e o fabricante pode fazer upgrades, manutenções e checks lists também por internet.

Esse conforto não tem mais custo operacional com funcionários. Eles respondem à necessidade da lavagem do início ao final da secagem, conferindo até uma “de mão” de cera liquida com produto auxiliar da secagem.

Com isso, o mercado voltou com tudo, e empresas brasileiras oferecem essa tecnologia agora com custos tropicais, em função da alta do dólar e do Euro, inviabilizando novamente as importações.

Esse novo modelo de negócio ainda passará por novas ofertas de locação, parceria, financiamento, e tantas outras modalidades que garantirão o acesso à prestação de bons serviços à baixos custos operacionais, além disso, com equipamentos de filtragem e reuso da água instalados em conjunto, fazem com que o custo unitário da lavagem não passe de R$3,00.

Essa margem de rentabilidade, financia o equipamento e o liquida em questão de meses de operação, tornando-o assim num excelente negócio.

Pois então, que tal pensar em novidades que inundem seu ponto de rentabilidade por m2 ?Vamos, ânimo, pesquise, analise e construa seus resultados com inteligência e dedicação.

Carlos Giordano Jr é o novo colunista do Portal e Academia Brasil Postos. Com mais de 40 anos de atuação no mercado de postos de combustíveis e lojas de conveniência vai contribuir com sua experiência e conhecimento em busca de melhores processos de gestão corporativa. É fundador da Consiglio que  é uma incubadora e uma desenvolvedora de ideias, nascida com o propósito de ajudar a construir empresas sustentáveis e de sucesso. Acesse Consiglio  para saber mais sobre sua consultoria estratégica.

+++ Cartão frota, o sócio do Posto que ninguém aguenta

+++ A necessidade da conciliação bancária na revenda

+++ Revendedores em alerta – Postos x Distribuidoras uma relação que já foi boa

+++ 2020 – O ano da nova revenda de combustíveis

+++ Quais as DORES você enfrenta na gestão do posto?

Assista ao webnário com Carlos Giordano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here