Precisamos entender que o estopim da atual discussão dos preços dos combustíveis no Brasil foi causado pelos REAJUSTES de quedas aplicados pela Petrobras que não se refletiram sobre os preços dos postos ao consumidor final. Então precisamos definir:

REAJUSTE: É a variação em R$/L dos custos que compõe o preço final.

PREÇO: A composição total de custos e variáveis que formam o preço final em R$/L.

Definido isso, o problema dos combustíveis de imediato diz respeito ao REAJUSTE, que ocorreu da Petrobras (Refinarias) para as distribuidoras (logísticas) e parou por aí.

Abaixo temos o comparativo da variação dos preços da GASOLINA nas bombas dos postos em comparação com o preço praticado de venda das distribuidoras a estes postos por UF.

Segundo fonte de dados da ANP, ESALQ, CONFAZ e PETROBRAS para o estado de SP no mês de Jan/20 a variação de Refinaria, Etanol Anidro e PMPF acumulou REAJUSTE total de queda de R$ (-) 0,0515/L, que variaram sim nos custos das distribuidoras, mas não foram repassadas

Na região Sudeste as distribuidoras aumentaram o custo de venda aos postos em R$ (+) 0,0420/L obrigando os postos a repassarem um aumento de R$ (+) 0,0580/L.

Quer ter gestão sobre a compra? Entre em contato com a Valêncio Consultoria em Combustíveis. Clique Aqui.

Fale conosco, podemos te ajudar. www.valencioconsultoria.com.br

+++ Uma repercussão sobre o ICMS dos combustíveis e a falta de repasse das quedas sobre os preços dos postos

+++ Mais uma queda de preços para o Diesel e a Gasolina que foi prevista

+++ A Petrobras reduziu os preços do Diesel e da Gasolina em e eu já sabia disso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here