Mais do que nunca, a atitude diante dos cenários de incerteza iniciados com a pandemia, seguida pelo aumento frequente no custo do combustível e, agora, com a guerra na Ucrânia, tem deixado o Revendedor perplexo, focado na alta do dólar e no preço do barril de petróleo.

Sem dúvida de que receber informações sobre a arbitragem é essencial para a tomada de decisão de compra, manutenção de estoques, controle de custos, concessão de crédito, formação de capital de giro.

Mas este é o único caminho? Esse controle é a única atitude que pode melhorar ou resultados ou, pelo menos, fazer o Revendedor parar de perder? Certamente não.

Quando olhamos para um posto de serviços, além dos tanques e bombas de combustível, vemos uma infinita possibilidade de negócios que são influenciados não somente pela baixa margem de contribuição dos derivados de petróleo, mas por toda uma inteligência estratégica de mercado.

Desta forma, não somente para tomar as decisões de compra e estoque de combustível, mas para gerir com uma visão voltada para as possibilidades de negócios que o futuro nos trás, é necessário aprender a observar, analisar e inovar com base nos sinais que chegam ao empreendedor todos os dias.

O primeiro passo para desenvolver essa capacidade prospectiva que vai influenciar os resultados financeiros é erguer os olhos do “fundo do tanque”, enxergar além das canaletas de água e óleo, ultrapassar a testeira e se posicionar como um verdadeiro conhecedor de cenários.

Mesmo diante de tantos aspectos negativos que permearam o setor nesses últimos anos, há Revendedores que acreditam no futuro na Revenda. É o que nos diz o Revendedor Eslon Aguiar: “5 anos de experiência e 3 anos do meu 1º primeiro posto. Como as coisas mudaram muito rapidamente… Tive só 1 ano de gostinho de coisa boa e depois veio covid e agora guerra, mas nada se compara com a satisfação de poder servir nossos clientes. É difícil procurar inspirações para se manter no mercado, porém é necessário manter a cabeça firme olhando para frente e pensando em inovar sempre”.

Mas como fazer isso?

Existem métodos e aqui trazemos para vocês a base dessa ciência da análise prospectiva: a Inteligência Estratégica Antecipativa. Para falar para vocês sobre o assunto, buscamos no mercado a melhor especialista na área, a Doutora em Gestão, Raquel Janissek-Muniz, Diretora do Grupo de Pesquisa IEAFutureLab, Professora e Pesquisadora na Universidade Federal do Rio Grande do Sul: “Através do aprimoramento da consciência e da percepção a respeito daquilo que nos cerca e evolui, a inteligência permite desenvolver habilidades de atenção, adaptação, transformação e inovação”.

Segundo ela, a diferença está na postura proativa da inteligência estratégica, que orienta pensar o futuro a partir de sinais do ambiente atual, desenhando caminhos e definindo seu próprio posicionamento, sem a necessidade de replicar ou seguir modelos alheios”.

Não basta apenas analisar dados, é preciso aprender a pensar sobre eles e observá-los frente ao contexto mercadológico apresentado. O que você quer para o futuro da sua Revenda? Seja o que for, os sinais já estão presentes, basta aprender a utilizar as ferramentas existes de análise prospectiva.

👉  Para saber mais sobre o assunto, leia o artigo publicado no Jornal da Universidade do Rio Grande do Sul: https://www.ufrgs.br/jornal/inteligencia-estrategica-antecipativa-como-alavanca-para-inovar/ 👆

+++ Acesse o Canal Brasil Postos no Youtube e acompanhe conteúdos exclusivos 

+++ LEIA TAMBÉM : Loja de Conveniência é a bola da vez

+++ O que a Academia Brasil Postos pode fazer por você e sua equipe. Descubra!

Conheça as Mentorias Online da Academia Brasil Postos 

+++ Lançamento da Mentoria para Loja de Conveniência. Início em Agosto !

+++ Programa de Mentoria 360º em Postos de Combustíveis e Lojas de Conveniência – Inscrições Abertas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here