Abastecer num posto de gasolina de marca bem estabelecida em vez de uma de baixo custo pode significar um gasto extra de até 20 cêntimos por litro. Um diferencial importante cuja origem não está na matéria-prima, mas nos aditivos que as grandes petrolíferas decidem adicionar para aumentar o desempenho.

Ballenoil se aleja del concepto «low-cost» y apuesta por combustibles de calidad

👉 Assista ao vídeo e descubra como a Academia Brasil Postos pode ajudar na sua capacitação e na equipe do posto e da loja de conveniência 👇

A composição dessas gasolinas é alterada pela introdução de aditivos especiais.

Essas substâncias adicionadas à gasolina têm diferentes funções, como lubrificar, atuar como anticongelante ou estabilizante. Antes da companhia petrolífera adicionar esses compostos, as gasolinas são exatamente as mesmas. Cada empresa petrolífera tem a sua fórmula, o que lhes permite diferenciar-se das restantes. Os compostos adicionados que carregam a gasolina mais cara, assim como a sua proporção, são mantidos no mais estrito sigilo pelas marcas.

Outra diferença que pode ser encontrada nos custos mais baixos dos postos de abastecimento ‘low cost’ prende-se com os poucos funcionários e sem necessidade de publicidade.

“O segredo é a margem de lucro menor que queremos ter”, revelou Francisco Fernández, responsável pela marca espanhola Ballenoil.

Gasolinera Plenoil en Avda Ricardo Mella :: Construdata21Da mesma forma, grande parte dos postos de gasolina low cost estão associados a supermercados, de modo a que seu preço baixo seja um atrativo para o cliente ir realizar compras nas suas instalações, o que permite uma margem de lucro maior.

As diferenças nos combustíveis podem causar avarias no veículos? No caso do gasóleo ‘normal’ ou do gasóleo ‘low cost’, o que diferencia um do outro é o cetano – este índice está relacionado ao intervalo de ignição, ou seja, o tempo entre a injeção do combustível e o início da combustão. Quanto mais alto, mais demora a ignição do combustível, causando uma melhoria na qualidade da combustão, o que pode reduzir as emissões poluentes e até mesmo o ruído e a vibração do motor.

Assim, o combustível conhecido como ‘low cost’ mantém uma série de propriedades mínimas (exigidas a nível nacional e europeu) que garantem a sua qualidade.

Fonte: https://multinews.sapo.pt/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here