Muitas vezes os revendedores de combustíveis ficam em dúvida sobre quais são as fontes de vazamentos dos equipamentos que estão instalados em seu posto principalmente com relação aos vazamentos invisíveis que podem ocorrer nos tanques de armazenamento subterrâneos e seus periféricos de instalação.

Os vazamentos dos tanques podem causar danos ao meio ambiente, são muito prejudiciais para a saúde humana e o processo de limpeza e descontaminação custam muito caro. Porém uma coisa é certa – quanto mais cedo os vazamentos dos tanques foram descobertos mais fáceis são de limpar.

Se o revendedor souber onde e como os vazamentos geralmente são ocorrem ficará mais fácil fazer o monitoramento destas áreas para a detecção precoce.

Neste artigo procuramos apresentar as principais causas de vazamentos em postos de combustíveis estabelecendo um paralelo entre instalações antigas e atuais.

Linhas de Transmissão e Acessórios de Produtos de Aço – Modelo Antigo 

As linhas de produtos são os tubos que transportam fluidos do tanque subterrâneo para a bomba de abastecimento. Os tubos de aço estão sujeitos à corrosão e, embora em nosso país não seja mais permitido a utilização deste material, ainda existem várias operações antigas com este tipo de instalação.

Vale lembrar que as linhas de transmissão que utilizam materiais metálicos estão proibidas em nosso país há mais de 10 anos.

O dano ambiental aparece principalmente durante os projetos de remoção de tanques onde frequentemente se observa manchas no solo que indicam vazamentos no passado, predominantemente próximos aos encaixes.

Tubo PEAD – Modelo Atual 

As linhas de produtos modernas são construídas em PEAD e o interstício é monitorado eletronicamente quanto a vazamentos. Também existem detectores de vazamento que monitoram a pressão do fluido que interrompe o fluxo do produto no caso de um vazamento na linha.

O Tubo Não-Metálico em PEAD (Polietileno de Alta Densidade) com revestimento interno é uma solução desenvolvida para aplicação no transporte de combustíveis automotivos. Mais leves e flexíveis que os tubos comuns, os tubos de polietileno (PEAD) ainda possuem longa vida útil e excelentes características hidráulicas.

 Transbordamento de tanque sem contenção – Modelo Antigo

Os transbordamentos ocorrem quando o caminhão-tanque entrega o produto ao tanque de armazenamento subterrâneo. Os orifícios de abastecimento dos tanques de aço mais antigos consistiam apenas em um cano saindo do chão. Antigamente o operador do caminhão-tanque conectava a mangueira ao tubo de abastecimento para transferir o produto do caminhão para o tanque. Quando o tanque se enchia havia um dispositivo de fechamento para interromper o fluxo do produto. No entanto, não era incomum que algum produto com transbordamento se derramasse no chão ao redor da porta de abastecimento quando a mangueira era desconectada. Durante a vida útil dos tanques, esses pequenos vazamentos resultam em derramamentos significativos.

Sistema de Descarga Selada – Modelo Atual

Atualmente este processo mudou para aumentar a segurança e evitar vazamentos. As portas de preenchimento modernas são inseridas de dispositivos de descarga selada e com o uso de baldes de derramamento. No caso de um pequeno derramamento ao redor da porta de abastecimento, o produto é capturado no balde. Há uma corrente na caçamba para o operador abrir uma válvula para drenar o fluido excedente de volta ao tanque de abastecimento.

O sistema de contenção pode ser complementado pela instalação de um dispositivo de descarga selada no bocal de enchimento do tanque que para evitar o retorno do combustível em caso de ser excedida a capacidade do tanque, bem como, pela instalação de uma válvula contra transbordamentos, na linha de descarga interna ao tanque.

Alguns estabelecimentos utilizam o sistema de descarga à distância, evitando-se a constante movimentação dos caminhões-tanque de abastecimento sobre o piso existente sobre as linhas e os tanques. Estas bocas de descarga também possuem câmaras de contenção ou, no mínimo, são envolvidas por uma ilha de concreto de descarga, totalmente estanque, que impede extravasamentos para o piso bem como a infiltração no subsolo.

Vazamentos nas Bombas de Abastecimento

Os dispensadores de combustíveis têm muitos acessórios, filtros e conexões de mangueira. Em postos muito antigos as bombas de combustíveis eram instaladas acima do solo nativo e quaisquer gotas ou vazamentos caiam diretamente no chão. Este é outro caso em que pequenos vazamentos se acumulam ao longo do tempo.

Os dispensadores modernos são construídos sobre caixas de contenção de derramamento (sumps ) projetadas para capturar qualquer derramamento ou gotejamento.

Tanques de aço ( modelo antigo ) x Tanque Jaquetado ( modelo atual )

Antigamente os tanques de combustíveis eram predominantemente construídos em aço. Dependendo das condições do solo, alguns tanques duravam muitas décadas sem corrosão, enquanto em outros locais a corrosão estava presente em apenas 10 anos. Os tanques mais novos ( tanques jaquetados ) empregam sistemas de proteção para evitar a oxidação (ferrugem) que funcionam muito bem.

O tanque jaquetado utiliza a resina termofixa  que é parte do compósito que se transforma  na “jaqueta” do tanque de dupla parede. Também chamada de resina poliéster ela completa com a fibra de vidro o PRFV, ou plástico reforçado com fibra de vidro.

 Erros de entrega de combustível podem causar transbordamento

Durante o descarregamento de combustíveis podem ocorrer vários erros operacionais como a indicação errada do compartimento do tanque que vai receber o combustível além problemas em equipamentos e acessórios como mangueiras, conexões, etc.

Dispositivos de proteção contra vazamentos e transbordamento

Os modernos dispositivos de proteção e detecção de transbordamento e derramamento funcionam muito bem. No entanto, as vedações nesses dispositivos podem secar e rachar com o tempo. A alta concentração de etanol na gasolina moderna também pode fazer com que os as vedações se tornem quebradiças e falhem portanto siga sempre as orientações do fabricante e faça as manutenções preventivas

Como funciona o sistema de monitoramento do interstício dos tanques jaquetados?

O espaço intersticial é o espaço entre a parede interna (aço carbono) e a parede externa (termofixa), que permite o monitoramento da presença de líquidos, em um tanque de parede dupla. O método baseia-se na instalação do sensor no espaço intersticial do tanque de parede dupla, ativando o alarme quando da presença de líquido ( modelo atual ). Para entender como funciona o monitoramento do interstício imagine que temos dois tanques, um dentro do outro. Agora imagine que entre estes dois tanques existe um espaço vazio, por onde ar e líquido conseguem fluir. Se o material contido no primeiro tanque vazar, ele é contido pelo segundo tanque. Esse é o princípio de funcionamento do tanque jaquetado subterrâneo ( modelo atual ).

Outras causas de vazamento

Existem também outras causas de vazamento como a perfuração dos tanques ou linhas durante a construção ou investigações ambientais e erros cometidos durante a manutenção. Os vazamentos também podem ser causados propositadamente por indivíduos com intenções criminais.

Instalação Incorreta

Outro exemplo de causa para vazamento em Tanque de Armazenamento é a instalação incorreta. Ao posicionar o tanque na cava sem o cuidado adequado ou utilizar material incorreto para aterramento, pode prejudicar a integridade tanto da camada externa em fibra, como também a interna em Aço.

Medidas preventivas

O gerenciamento adequado de sistemas de tanques de armazenamento subterrâneo pode ajudar a diminuir a probabilidade de vazamentos ou derramamentos. Ao aderir às regulamentações estaduais e federais dos tanques de combustíveis e empregar os sistemas adequados de detecção de vazamentos, proteções contra derramamento e transbordamento e programas regulares de inspeção o revendedor pode minimizar seus possíveis custos de responsabilidade e mitigação.

Recomendamos que os revendedores de combustíveis realizam sua própria inspeção de rotina das caçambas de derramamento, alarmes de transbordamento, portas de enchimento e monitoramento, mangueiras dos dispensadores, bicos e aberturas, tubulações e suprimentos de resposta a derramamentos e transbordamentos.

Também é recomendável que os revendedores realizem uma inspeção de rotina nos poços de monitoramento do campo do tanque e estabeleçam procedimentos operacionais padrão para evitar e detectar erros na entrega do produto.

Finalmente, é fortemente sugerido, e em muitos casos exigido por lei, que todos os testes de detecção de vazamentos e corrosão e qualquer atividade de manutenção e reparo sejam documentados e mantidos como parte da manutenção de registros associada ao sistema de tanque.

Você está interessado em conhecer empresas certificadas que produzem e comercializam equipamentos para postos de combustíveis? Conheça o CSMEPS.

As empresas associadas a ABIMAQ e que participam do Núcleo CSMEPS possuem soluções de grande praticidade, rapidez , confiabilidade ,  ergonomia e segurança  ambiental oferecendo soluções para o revendedor que deseja aumentar suas vendas e seus lucros atendendo seu cliente com tecnologia e inovação .

Quem somos  – A CSMEPS Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos para Postos de Serviços e Soluções de Abastecimento foi criada em abril de 2016 para dar foco em sistemas  de armazenamento, transferência, filtragem, abastecimento e controles de fluidos, em especial combustíveis e derivados, englobando empresas associadas à ABIMAQ que produzem máquinas e equipamentos para todos os segmentos desde Postos de Serviços, Distribuidoras de Combustíveis, Transportadoras, Grandes Consumidores, Portos e Aeroportos, Agronegócio e Pontos de Abastecimento em geral.

Escrito por Renato da Silveira –  Professor, consultor e palestrante é especializado em estratégias de marketing digital e inbound marketing para o segmento de postos de combustíveis e lojas de conveniência. Sócio fundador do Portal Brasil Postos .

Gostou do artigo? Fique atento nas redes sociais da CSMEPES  que toda semana publicaremos conteúdo de qualidade para ajudá-lo a garantir um meio ambiente sustentável através do uso de equipamentos de qualidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here