“Quando o foco está no processo, não no resultado, ele alivia a pressão sobre a pessoa que está sendo treinada, permitindo uma experiência mais aberta e menos resistente.”

Uma ferramenta bastante falada no mundo da gestão atualmente é o feedback 1:1 (um
a um), que como o próprio nome diz, gera uma oportunidade de uma conversa
estruturada olho no olho.

Vejo que no varejo esse hábito ainda precisa de muito apoio para ser realmente
disseminado. Talvez pelo dinamismo da operação, talvez pelo antigo hábito de só se
chamar o colaborador para uma conversa quando algum comportamento precisa ser
corrigido (o que nem sempre ocorre num tom ameno).

As sessões de feedback 1:1 trazem como benefício:

  • A sensação, para o(a) funcionário(a), de que alguém se preocupa com ele(a) na
    esfera pessoal;
  • A certeza de que alguém se preocupa com ele(a) em termos de desenvolvimento
    e carreira;
  • O conforto de que ele(a) é ouvido(a) no ambiente profissional.

CONTRATE NOSSO TREINAMENTO DE ATENDIMENTO PARA SEUS COLABORADORES DO POSTO E DA LOJA DE CONVENIÊNCIA E TRANSFORME SEU AMBIENTE DE TRABALHO.

Separei duas dicas interessantes da pesquisadora e líder os programas de pós graduação em Administração da Universidade de Oklahoma, Meg Myers Morgan:

1- Quando o feedback 1:1 é sugerido a um(a) funcionário(a), existe a possibilidade de
o(a) funcionário(a) presumir que está com problemas ou que precisa ser “consertado(a)”. Essa suposição geralmente é resultado de como a sessão é estruturada pela liderança.

O feedback 1:1 é uma oportunidade de desenvolvimento profissional que pode expandir
as capacidades de liderança, aumentar a empatia, melhorar as habilidades de
comunicação, reduzir a ansiedade e inspirar confiança, entre muitos outros benefícios.
Encarar isso para a sua equipe como um investimento nela – em vez de uma chance de
“corrigir” comportamentos ou atitudes problemáticas – ajudará o time também a ver isso
como uma oportunidade de crescimento.

2- O resultado desejado do feedback 1:1 pode ser específico em sua mente. Talvez
você queira encorajar certas ações, desencorajar outras ou chamar a atenção para uma
lacuna de comunicação que um(a) funcionário(a) pode não reconhecer em si
mesmo(a).

Uma liderança forte saberá antecipadamente qual é o resultado desejado para a sessão de feedback 1:1. No entanto, um bom relacionamento de coaching permitirá uma exploração que pode ir além – ou às vezes em uma direção diferente – do resultado pretendido. Para tanto, quanto menos estrito(a) você for na expectativa de certos resultados para seu(suas) funcionário(a)s, mais amplas serão as oportunidades que a sessão poderá trazer.

Quando o foco está no processo, não no resultado, ele alivia a pressão sobre a pessoa
que está sendo treinada, permitindo uma experiência mais aberta e menos resistente.

Uma boa conversa é um elixir poderoso no seu posto e na sua loja. Use e abuse.

 

CONTRATE NOSSO CURSO ONLINE PELO ZOOM DE GESTÃO AVANÇADA DE LÍDERES E EQUIPES E TRANSFORME SEU AMBIENTE DE TRABALHO.

+++ LEIA TAMBÉM : O que a Academia Brasil Postos pode fazer por você e sua equipe. Descubra!


Claudio Moreira é o novo colunista do Blog da Academia Brasil Postos e vai escrever sobre gestão de pessoas e liderança.

Atua há mais de 20 anos tornando os profissionais que tenham contato direto com seu cliente capazes de aumentar a possibilidade de recompra, fidelização e conquista de novos negócios.

Claudio também atua como mentor, professor, instrutor e palestrante em temas relacionados ao varejo com forte atuação no mercado de proximidade, lojas de conveniência e revenda de combustíveis. Atualmente tem participado como instrutor de vários eventos online da Academia Brasil Postos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here