Estamos numa era de explosão de conteúdo. Um emaranhado de vídeos, textos e artigos que quase não dar pra ler e acompanhar o dia a dia.

O Grande Raul Seixas já dizia há muito tempo: 

E todo mundo explica tudo
Como a luz acende
Como um avião pode voar
Ao meu lado um dicionário
Cheio de palavras que eu sei que nunca vou usar

(Eu também vou reclamar, 1976 – Raul Seixas)

O grande desafio de hoje é selecionar o conteúdo e conseguir efetivar as informações no seu negócio. Saber o que buscar onde e quando usar. Apesar de tantas mudanças em tão pouco tempo certos conceitos são básicos e podem direcionar as ações de vendas e marketing de forma a não perder espaço de mercado.

Como disse Linete Bartalo:

O fato é que hoje as demandas de aprendizagem aumentaram e estão mais exigentes. Há muito mais o que aprender, de modo mais profundo e em menos tempo do que há dez anos atrás.

Além disso, existe muita informação e muitas possibilidades diferentes de acesso, chegando-se a cunhar expressões como “poluição da informação” e “explosão da informação” com vistas a denominar este fenômeno.

A “sociedade da informação”, que segundo Webster (1994), tem sido conceituada sob cinco aspectos (tecnológico, econômico, ocupacional, espacial e cultural), e sua evolução para a “sociedade do conhecimento” e depois para “sociedade da aprendizagem” é uma realidade na entrada deste terceiro milênio. (Bartalo, 2006 p 14)

A importância do tripé do treinamento efetivo (a palavra sucesso foi só para chamar atenção no título) é entender o ciclo de aprendizagem e focar na absorção de conhecimento efetivo e direcionado ao seu negócio de forma a obter bons resultados.

TREINAMENTO REPETITIVO – MAIS PRESTAÇÃO DE CONTAS – SUPERVISÃO ACHEGADA

O Treinamento-Contas-Supervisão (TCS) é extremamente necessário para que os valores investidos em treinamento e capacitação não sejam jogados no ralo.

Não se trata de efetuar um treinamento esporádico e achar que simplesmente a cultura da empresa irá mudar, está longe disso. Independente da área de atuação ou do setor que deve ser treinado esta forma de aplicar a mudança comportamental será de grande importância para alcançar o efetivo sucesso buscado. O TCS não trata de modismo, mas de se incluir na cultura organizacional da empresa hábitos que possam gerar frutos benignos no processo de crescimento pessoal e organizacional como um todo.

O primeiro ponto do tripé é o TREINAMENTO REPETITIVO.

Os treinamentos são importantíssimos por ajudar a focar uma linha de raciocínio de quem está assistindo. Utilizar meios e ferramentas de forma a transformar o conteúdo teórico em algo da vivência de quem está assistindo é um dos principais fatores de ajuda na absorção de conteúdo.

É importante lembrar que quando assistimos algo pela segunda vez enxergamos coisas não vistas na primeira e reforça toda aprendizagem, isso acontece com música, filmes e mídias em geral. No âmbito da aprendizagem acontece também através da fixação por evento repetitivo. Isso é primordial para se ter uma equipe bem treinada e preparada para as adversidades.

Quando a empresa decide capacitar seus colaboradores deve-se primeiro nortear os pontos necessários de mudança e aperfeiçoamento e então elaborar, junto com mão de obra especializada, treinamentos que direcionem a empresa para essa direção e assim criar um ciclo de treinamentos capazes de agregar esse valor ao corpo da empresa e assim iniciar as rodadas de treinamentos com pausas estratégicas para pratica e acompanhamento.

PRESTAÇÃO DE CONTAS é tão importante quanto treinar.

Todos gostam de tirar notas boas, mas poucos gostam de estudar. Esta etapa do tripé visa criar faróis e formas de acompanhar os resultados. Seja qual for o tema do treinamento tem como se criar formas de se acompanhar e verificar as evoluções da equipe.

Um ponto importante é não dar a esta etapa um valor desproporcional em detrimento as demais. Numa certa empresa havia um chefe que sempre dizia: “vou cobrar margem de contribuição de vocês, se preparem”. Como se isso fosse uma certa punição por algo que você ainda não fez.

A forma de apresentação é tão importante quanto o conteúdo, lembre-se sempre disso. A prestação de contas quando efetivamente apresentada após um treinamento confiante e bem apresentado trás segurança na forma de acompanhamento assim como numa ferramenta importante para se reconhecer o trabalho e premiar a equipe.

Resultado avaliado = Equipe premiada

Não é necessário explicar a importância da premiação por resultados, mas um ponto sempre fica obscuro nessas apresentações: salário é premiação? Não!

O salário que sua empresa paga em troca de mão de obra não é premiação.

Reconhecimento é essencial no mundo corporativo e no processo de retenção de colaboradores. É bem mais barato reter que contratar novos.

A SUPERVISÃO ACHEGADA é o ponto conclusivo nesse processo de capacitação.

Os líderes devem estar capacitados e treinados em primeiro lugar para desenvolver as equipes e acompanhar os avanços corrigindo os erros de percurso e habilitando seus colaboradores dia a dia no processo de colocar em prática o conteúdo aprendido. Não existe outra forma. Exigir treinamento sem acompanhar bem de perto os resultados e a prática aprendida é jogar dinheiro fora.

Mas não tenho como pagar alguém para fazer isso!

Então faça você. Não tem outra saída. Muitas empresas pequenas e médias não investem muito em treinamento por achar que a onda de resultados dura até três meses e depois cai no esquecimento.

Isso acontece porque simplesmente a cúpula da empresa não está envolvida no processo.

Muitos se enganam em achar que pagando palestrante, treinadores uma vez a cada três meses terão resultados. E terão de certa forma sim, mas teriam muito mais resultados se fosse feito de forma consistente e bem planejada, uma mudança de cultura comportamental da empresa e não simplesmente empurrões momentâneos.

Tem como fazer o TCS de forma barata?

Claro que tem! Preço, custo e valor estão relacionados, mas a sua formação depende de quem cuida dessa relação. Um ciclo de treinamentos caro pode não ser tão efetivo quanto um ciclo barato, não tem como se verificar o valor de cada antes de testar. Mesmo porque o processo não depende só do ciclo de treinamentos, mas sim de um trabalho efetivo do TCS.

Ao pensar em contratar esse serviço defina antes objetivos, metas e resultados que almeja e toda a força capaz de ajudar nesse processo. Assim fica mais visível todos as ferramentas disponíveis que terá no curso do empreendimento, depois busque mão de obra qualificada para treinar e acompanhar esse processo, busque referencias, peça para assistir uma palestra ou treinamento, tenha uma reunião bem detalhada com o pré contratado como forma de verificar o encaixe perfeito para seu objetivo.

O TCS será uma ferramenta de muito ajuda nesse processo, mas quem tem que liderá-lo é você.

Roberto James – Especialista em comportamento do consumidor

Referências: BARTALO, Linete. Mensuração de estratégias de estudo e aprendizagem de alunos universitários: learning and study strategies inventory (LASSI) adaptação e validação para o Brasil. Marília: UNESP, 2006.

Convido o leitor a conhecer o CANAL DO ERRJOTA no Youtube para explorar este e outros temas relacionados a logística, comportamento e consumo.

+++ Dia do Revendedor. O que há para comemorar ? 

+++ Cartão de frota compromete a margem do revendedor

+++ Cartão frota, o sócio do Posto que ninguém aguenta

+++ A solidão do revendedor bandeira branca

+++ O Melhor Gerente do Mundo é sucesso na Rede Pichillau

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here