Hoje em dia, é essencial que você gerente de compras em sua empresa ou posto revendedor acompanhe a volatilidade das variáveis dos combustíveis diariamente. E neste processo é inevitável que você precise entrar em negociação com o assessor que representa a distribuidora da qual você compra combustíveis.

Veja abaixo as três desculpas mais usadas pelos assessores:

1 – Esse reajuste foi médio Brasil

Essa desculpa é clássica principalmente quando o assunto é reajuste refinaria e quando este reajuste é uma queda, ou seja, que geraria um benefício no seu preço de aquisição. Via de praxe é repassado pela distribuidora um valor menor que o devido, e ao questionar o assessor vem a desculpa:

“Essa queda foi média Brasil, na base que você adquire o valor foi menor”

Isso não é verdade, a Petrobras desde o início da sua política de preços tem aplicado reajustes lineares em todas as suas refinarias, ou seja, em termos de reajuste o valor aplicado de reajuste é igual para todas as bases. O que muda é o preço final de venda da refinaria a depender da localidade, respeitando-se assim a diferença de custo por refinaria. A gasolina preço final produzida no polo de Paulínia/SP é mais barata que no polo de Guamaré/RN. Entretanto, o reajuste quando vem ele é aplicado linear em todas as refinarias, ou seja, o mesmo valor.

2 – Não tenho margem para reduzir seu preço

Como você comprador saberá que isso é verdade? Pela confiança? A responsabilidade da vida financeira do seu negócio é sua, então é necessário ter conhecimento e ferramentas para saber quanto você tem remunerado de margem para a sua distribuidora na compra de um litro de combustível. Clique Aqui e saiba mais

3 – Erro de Sistema

E a clássica “ Foi erro de sistema” que é de remota possibilidade, pois estamos falando de empresas grandes com enormes recursos tecnológicos, equipes especializadas em obter lucro atrás de lucro e que parametrizam a margem que querem ganhar de acordo com o preço que você revende para o consumidor final, sim as distribuidoras verificam constantemente o preço que você revendedor está praticando no mercado de varejo para capitalizarem margem em cima da sua liberdade comercial.

Você tem verificado sua condição comercial de compra da forma que deveria olhar? Tecnicamente, com relatórios, sistemas?

Nós da Valêncio Consultoria podemos fazer isso para você, e te ajudar a manter a saúde financeira do seu negócio.

Quer ter gestão sobre a compra? Entre em contato com a Valêncio Consultoria em Combustíveis. Clique Aqui.

Fale conosco, podemos te ajudar. www.valencioconsultoria.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here