Você certamente precisa tomar decisões difíceis todos os dias. É uma parte necessária, embora  indesejável, do trabalho.

Líderes de varejo enfrentarão a tarefa de lidar com clientes difíceis,  tomando decisões instantâneas e orientando seu time a tomarem suas próprias decisões  corretas. 

Gestore(a)s precisam lidar com as avaliações dos funcionários, decisões de recrutamento e  demissões. Também precisam tomar decisões mais amplas que podem ter repercussões  financeiras maiores, como controles e promoções. 

Quando confrontado(a) com uma decisão crítica, suas qualidades de liderança serão testadas e  olhar para os fatos objetivamente pode ser difícil. Vale aqui o velho ditado “vemos o que  queremos ver” e isso permite que alguns líderes procrastinem ou evitem as escolhas difíceis. 

A pergunta a se fazer é: “isso está afetando a lealdade de nossos clientes de forma  negativa?”

Nesse caso, tome uma decisão – forneça mais treinamento, estabeleça processos  mais concretos ou faça uma mudança para resolver problemas.

Desenvolva a capacidade de fazer com que todos participem das decisões – mesmo que  discordem delas. 

No ambiente de varejo, muitos fatores ditam o que acontece. Você comprou mercadorias demais que não estão vendendo e agora precisa encontrar uma maneira de torná-las mais atrativas para os clientes. Sua empresa decidiu oferecer um novo programa de fidelidade que  os funcionários não consideram muito bom, mas ainda precisam promovê-lo. Os desafios não  param. 

Embora seja provável que haja divergências, ter habilidades de liderança no varejo significa que  você precisa encontrar uma maneira de fazer com que todos concordem com um determinado  curso de ação. Isso não significa que todos os funcionários concordarão com a ideia, mas devem  concordar em trabalhar juntos. 

Uma coisa que pode ajudá-lo(a) é fazer da mudança uma atividade de todos os dias. O time luta contra a mudança quando as coisas ficam estáticas por muito tempo. Reserve um tempo para  conversas individuais, certifique-se de ouvir, fornecer os porquês de uma nova prática e obter  sua adesão.

+++ LEIA TAMBÉM : O que a Academia Brasil Postos pode fazer por você e sua equipe. Descubra!

A capacidade de ouvir 

Líderes e proprietários(a)s de loja de varejo precisam ouvir o feedback da equipe sobre  problemas na área de vendas, desde uma política que não está funcionando, até um produto  que o público não curta, e –claro- membros do time que não estão fazendo seu trabalho à  contento. É fundamental buscar entender o que está na cabeça de seus funcionários. 

Uma boa maneira de fazer isso é sentar com os membros do time para uma café e simplesmente  pedir um feedback como: Que tipo de apoio você gostaria que eu desse? O que você sente que  não está conseguindo de mim? Não fique na defensiva com suas respostas, apenas agradeça e  aja. 

É um trabalho de formiguinha e que traz grandes resultados. Boas vendas!


Claudio Moreira é o novo colunista do Blog da Academia Brasil Postos e vai escrever sobre gestão de pessoas e liderança.

Atua há mais de 20 anos tornando os profissionais que tenham contato direto com seu cliente capazes de aumentar a possibilidade de recompra, fidelização e conquista de novos negócios.

Claudio também atua como mentor, professor, instrutor e palestrante em temas relacionados ao varejo com forte atuação no mercado de proximidade, lojas de conveniência e revenda de combustíveis. Atualmente tem participado como instrutor de vários eventos online da Academia Brasil Postos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here