Presidente da Rede SIM, Neco Argenta, busca acordos com grandes nomes do setor de alimentos

Presidente da Rede SIM, Neco Argenta, busca acordos com grandes nomes do setor de alimentos

Depois da aquisição da Rede de Postos Mime, em Santa Catarina, a Rede SIM mira agora nas gigantes do fast-food para aumentar o movimento nos postos de combustíveis e lojas de conveniência da marca. Com a expansão gerada pela aquisição da Mime, que elevou para 200 o número de unidades administradas pela SIM no RS e em SC, a ideia agora é efetuar parcerias que tragam benefício recíproco, aumentando o fluxo de pessoas em ambos os estabelecimentos.
Para isso, o presidente da Rede SIM, Neco Argenta, vem buscando acordos com grandes nomes do setor de alimentos, como Burger King e McDonald’s. A estratégia, conta Argenta, veio de uma experiência de 2018, quando um Burger King abriu ao lado de um dos postos da Rede SIM em Canoas. Na época, o empresário admite que ficou com “receio de perder clientes para o BK”. O resultado foi o oposto, disse, pois o fluxo de consumidores na loja de conveniência do posto aumentou cerca de 15%.
Diante do resultado, as tratativas com o Burger King foram intensificadas, e a pretensão, segundo Argenta, é de que em dois anos de 10 a 15 postos da rede tenham operações da marca de fast-food. As lojas do BK serão todas franqueadas, sem participação da Rede.
No momento, Caxias do Sul é a cidade mais próxima de contar com a parceria. Com o posto em reforma, a operação – localizada na cidade da serra gaúcha, em frente ao shopping Iguatemi – aguarda apenas liberação da prefeitura para começar a funcionar.
Argenta explica que ainda estão ocorrendo tratativas com o McDonald’s, um dos principais concorrentes do Burger King. A ideia, conforme ele, é ter ambas as marcas norte-americanas operando nos postos de combustíveis da Rede SIM.
Mesmo com o “desejo pontual no Rio Grande do Sul”, Argenta não esconde ainda que o foco também está em Santa Catarina depois da compra da Mime, a maior aquisição do grupo até agora. A parceria depende da confirmação da compra da Mime pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o que decretaria a SIM como a maior rede de varejo de postos de combustíveis e lojas de conveniência do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here