Roubos a postos de serviços e lojas de conveniência são notícias corriqueiras no dia-a-dia.
Seja pelo ponto do local, com saídas fáceis, ou pelo constante fluxo de dinheiro, é inegável que assaltos ocorrem, diariamente, assustando clientes e funcionários.
Evitar roubos pode ser impossível, mas coibi-los não é. No Brasil afora há dezenas de relatos diferentes sobre a questão, com cada posto achando uma forma de ficar longe dos riscos.
Para prevenir assaltos e evitar prejuízos, siga as seis dicas abaixo:
– Treine os funcionários;
– Explique aos funcionários sobre como proceder em caso de assalto, instruindo-os a não reagir. Faça a equipe utilizar códigos secretos em casos suspeitos e treine-os para acionar equipamentos de segurança, que podem contribuir no registro do crime e busca pelos assaltantes;
– Use placas sinalizadoras;
– Criar dificuldades para os assaltantes pode evitar um roubo. Coloque placas sinalizadoras informando que o estabelecimento possui um cofre e que a chave não está no posto, e sim em posse da empresa de vigilância;
– Adote procedimentos padronizados;
– Retirar o capacete no posto já é obrigatório, mas crie o hábito de o cliente precisar desligar o carro para que haja o abastecimento, impedimento fugas rápidas e facilitando a identificação de assaltantes. Outra medida de prevenção é que os pagamentos sejam feitos no caixa da loja de conveniência, o que obriga o motorista a ter que descer do veículo;
– Olho em movimentos suspeitos;
Os postos ficam em locais de fácil acesso e, por isso, também possuem muitas rotas de fuga. Observe movimentos suspeitos, principalmente à noite, nos arredores. Alguns postos utilizam cones e correntes ao redor do estabelecimento, para que seja necessário manobras para sair. Outra dica é colocar mais de um funcionário no período noturno, para dificultar a ação de bandidos.
– Contrate segurança privada;
Há diversos postos que utilizam empresas de vigilância privada para aumentar a segurança do local. Vale lembrar que há diferença entre vigias e vigilantes profissionais: o primeiro sinaliza situações suspeitas, enquanto o segundo
pode, por lei, fazer rondas e portar armas.
– Tome cuidado com motocicletas;
A maioria dos roubos é praticada por duplas em motocicletas, para facilitar a fuga e a abordagem. É recomendável observar o estado das motos que passam pelo posto, porque muitas vezes são usadas motos velhas, sem placa ou roubadas para a ação dos crimes.
Crie também mecanismos de alerta, como um botão para acionar emergência na bancada perto da bomba.
 
Fonte: intercamp

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here