A presença de água e a formação da borra do diesel (biomassa microbiana).Dentre os combustíveis derivados do petróleo o óleo diesel é um dos mais suscetíveis a presença de sedimentos de origem biológica e química, com a adição do biodiesel esse problema ficou ainda mais evidente, como já comentamos por aqui.

A formação desses sedimentos biológicos – conhecido como borra do diesel – está relacionado a uma série de condições como: presença de nutrientes e de população microbiana, tempo de estocagem, presença de oxigênio, variação de temperatura e pH e a presença de água, que pode ser considerada como a principal delas.

A presença de água não pode ser evitada, mas pode ser controlada e com a devida manutenção tende a não causar maiores transtornos. Vamos entender um pouco como isso acontece:

A água surge continuamente nos estoques de óleo diesel B pois o ar que entra no tanque pelo bocal de respiração se condensa e forma água livre dentro do tanque, considerando que normalmente o diesel passa por diversos tanques durante o processo de produção e transporte (de 4 a 8), em qualquer um deles há possibilidade de adição de água ao combustível.

A figura abaixo mostra como a água pode penetrar no combustível (ilustração da CNT):

figura 01

A presença de água vai desencadear o desenvolvimento microbiano, mesmo uma quantidade mínima de água (1%) em um sistema de armazenamento já é suficiente para o crescimento de micro-organismos.

Veja na imagem abaixo a biomassa microbiana (borra) formanda em uma pequena quantidade de diesel B (imagem da CNT).

figura 02

A água pode estar presente sob três formas nos tanques como mostra a figura a seguir (ilustração CNT):

figura 03

Por isso a necessidade de monitoramento constante dos tanques de estocagem, a necessidade de que a filtragem seja realizada no momento do abastecimento e não pré-abastecimento (como nos filtros prensa tradicionais) e também a necessidade de limpeza dos tanques com regularidade.

Fonte: Procedimentos para a preservação do óleo diesel B – CNT/SEST/SEN

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia!
    Temos um caminhão comboio que abastecemos máquinas em áreas rurais. Fizemos a descontaminação do tanque e em seguida a Inspeção do mesmo. Ao retornar a base, abastecemos com 3 mil litros de Óléo S10.
    Fomos tirar a entrada de ar no sistema, verificamos que o Diesel no Filtro separador estava de aparência Opaca, mas dentro do tanque através de uma proveta, verificamos que o mesmo estava límpido.
    No dia seguinte, fizemos o mesmo procedimento, o do filtro permanecia Opaco e desta vez o do tanque ao invés de límpido, passou a estar Opaco.
    O que devo fazer?
    Obrigado…

    • Bom dia Thiago. A Brasil Postos é uma empresa privada que atua no setor através da venda de produtos (bicos, mangueiras, EPIs) e serviços (cursos de capacitação, notícias e informações) para os postos de combustível. Desta forma, sugerimos que procure alguém especializado ou o fabricante do filtro. att.,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here