Testes de Qualidade em Combustíveis

Como proceder na chegada do carro-tanque (CT) para descarga no Cliente

img_vermelho1Para descarga do CT no cliente devemos observar alguns pontos importantes:

1 – Conferir na nota fiscal a Razão Social do cliente e verificar se o produto coincide com o pedido efetuado.

2 – Observar se o lacre que está no CT é o mesmo indicado na Nota Fiscal.

3 – Subir no CT, deslacrar a tampa do compartimento e verificar se o produto está na seta, observando seu aspecto.

4 – Através da válvula de fundo, drenar vinte litros ou mais, até a limpeza de descarga do CT. Retirar a amostra para análise. Proceder da mesma forma para cada compartimento a ser descarregado.

Variação do Volume com a Temperatura

O volume do produto varia com a temperatura. Podemos estimar que a cada 1ºC em cada 1.000 litros, há um aumento ou retração no volume da ordem de 1,0 litros, se a temperatura baixar ou aumentar em relação à temperatura em que o produto foi carregado na base.

EXEMPLO
Se uma carreta com a capacidade para 30.000 litros carrega na base a 25ºC e chegando ao posto a temperatura está em 30 ºC, teremos:
Diferença de temperatura entre o carregamento e a chegada ao posto = 5 ºC

Logo:

30 x 5 x 1,0 = 150 litros, onde
30,0 = volume da carreta/1000
5,0 = diferença de temperatura 
1,0= aumento/retração no volume do produto

Neste exemplo, o produto chegará com 150 litros acima da seta. O mesmo acontecerá para menos (abaixo da seta), se a temperatura de chegada ao posto for menor do que a temperatura de carregamento.

 

Testes de Densidade na Gasolina Comum

A Proveta de 1.000ml

Proveta de 100ml com boca e tampa esmerilhadas

Densímetros para petróleo com escalas
0,700 à 0,750 g/cm³ e 0,750 à 0,800g/cm³
Termômetro ASTM 12C
Água destilada com 10% de sal (NaCl)

Testes da Densidade da Gasolina

1– Colocar a quantidade suficiente de gasolina e examinar em uma proveta, de modo que o densímetro flutue livremente, sem tocar o fundo ou as paredes da proveta.

2 – Introduzir o termômetro e agitar continuamente a amostra, tendo o cuidado de manter a coluna de mercúrio totalmente imersa. Uma vez estabilizada a temperatura, efetuar a leitura e anotar.

Densidade

3 – Mergulhar o densímetro limpo e desengordurado no produto. Ao soltá-lo, fazer um movimento giratório para que o mesmo entre rapidamente em equilíbrio e flutue livremente sem tocar as paredes da proveta.

4 – Faça a leitura do densímetro no plano da superfície do líquido (ver FIGURA 4). Faça também a leitura do termômetro. Em seguida, consulte a Tabela de Conversão das Densidades da Gasolina. Esta tabela converte a densidade para 20 ºC.

densidade 01

Testes de Densidade na Gasolina Aditivada

A Proveta de 1.000ml
Proveta de 100ml com boca e tampa esmerilhadas
Densímetros para petróleo com escalas
0,700 à 0,750 g/cm³ e 0,750 à 0,800g/cm³
Termômetro ASTM 12C
Água destilada com 10% de sal (NaCl)

Testes da Densidade da Gasolina

1 – Colocar a quantidade suficiente de gasolina e examinar em uma proveta, de modo que o densímetro flutue livremente, sem tocar o fundo ou as paredes da proveta.

2 – Introduzir o termômetro e agitar continuamente a amostra, tendo o cuidado de manter a coluna de mercúrio totalmente imersa. Uma vez estabilizada a temperatura, efetuar a leitura e anotar.

3 – Mergulhar o densímetro limpo e desengordurado no produto. Ao soltá-lo, fazer um movimento giratório para que o mesmo entre rapidamente em equilíbrio e flutue livremente sem tocar as paredes da proveta.

4 – Faça a leitura do densímetro no plano da superfície do líquido (ver FIGURA 4). Faça também a leitura do termômetro. Em seguida, consulte a Tabela de Conversão das Densidades da Gasolina. Esta tabela converte a densidade para 20 ºC.

 

Tabela de Densidade da Gasolina

tabela1

tabela2

tabela3

Testes de Teor de Álcool Etílico Anidro (AEAC) na Gasolina

Especificações

Aspecto: Límpido e isento de impurezas.

Cor:A cor da gasolina pode variar de incolor a amarela (Gasolina C) e verde, quando aditivada.

Densidade: A densidade da gasolina a 20/4ºC (C e Aditivada) não é especificada pela ANP, mas fica normalmente situada entre 0,7300 e 0,7700.

AEAC na gasolina: O percentual de AEAC na gasolina comum atualmente é de 20% +/- 1 (portaria nº 51 de 22 de fevereiro de 2006) ou deve estar de acordo com a legislação em vigor.

1 – Colocar 50ml da amostra na proveta previamente limpa, desengordurada e seca.

2 – Adicionar cuidadosamente, deixando escorrer pelas paredes da proveta, a solução aquosa de NaCl 10% até completar o volume de 100ml.

3 – Tampar e inverter a proveta por pelo menos dez vezes – evitando a agitação enérgica – para completar a extração do álcool para a fase aquosa (álcool na água).

4 – Deixar repousar até a separação completa das duas camadas.

O percentual de álcool na amostra de gasolina pode ser facilmente calculado.

V = Percentual em volume de AEAC na gasolina

A = Aumento da camada aquosa

RESULTADO

V = (Ax2) + 1

Testes no Óleo Diesel

A Proveta de 1.000ml
Densímetro para petróleo com escalas.
0,800 à 0,850 g/cm³ e 0,850 à 0,900 g/cm³
Termômetro ASTM 12C

Especificações

Aspecto: Límpido e isento de impurezas.

Cor ASTM: Máximo 3,0.

Densidade a 20/4 ºC: 0,820 à 0,880 g/cm³ Diesel Interior.

Densidade a 20/4 ºC: 0,820 à 0,865 g/cm³ Diesel Metropolitano e S500.

Testes da Densidade do Diesel

1 – Colocar a quantidade suficiente de Diesel e examinar em uma proveta, de modo que o densímetro flutue livremente, sem tocar o fundo ou as paredes da proveta.

2 – Introduzir o termômetro e agitar continuamente a amostra, tendo o cuidado de manter a coluna de mercúrio totalmente imersa. Uma vez estabilizada a temperatura, efetuar a leitura e anotar.

3 – Mergulhar o densímetro limpo e desengordurado no produto. Ao soltá-lo, fazer um movimento giratório para que o mesmo entre rapidamente em equilíbrio e flutue livremente, sem tocar as paredes da proveta.

4 – Densímetro no plano da superfície do líquido (ver FIGURA 4). Faça também a leitura do termômetro. Em seguida, consulte a Tabela de Conversão das Densidades do Diesel. Esta tabela converte a densidade para 20 ºC.

tabela4tabela5

Testes no Etanol Etílico Hidratado Carburante

A Proveta de 1.000ml
Densímetro para Álcool com escalas.
0,750 à 0,800 g/cm³ e 0,800 à 0,850 g/cm³
Termômetro para álcool
Tabela de verificação do Teor Alcoólico

Especificações

Aspecto: Límpido e isento de material em suspensão .

Cor: Incolor.

Massa Específica a 20 ºC: 0,8076 à 0,8110 (g/ml).

Teor Alcoólico (º INPM): 92,6 (mínimo) à 93,8 (máximo).

Teste da Massa específica e Teor Alcoólico

1 – Colocar a quantidade suficiente de Álcool e examinar em uma proveta, de modo que o densímetro flutue livremente, sem tocar o fundo ou as paredes da proveta.

2 – Introduzir o termômetro e agitar continuamente a amostra, tendo o cuidado de manter a coluna de mercúrio totalmente imersa. Uma vez estabilizada a temperatura, efetuar a leitura e anotar.

3-Mergulhar o densímetro limpo e desengordurado no produto, sem tocar as paredes da proveta.

4-Densímetro no plano da superfície do líquido (ver FIGURA 4) Faça também a leitura do termômetro. Em seguida consulte a Tabela de Conversão das Densidades do Diesel. Esta tabela converte a densidade para 20 ºC.

tabela6tabela7

7 COMENTÁRIOS

  1. eu preciso aprender fazer o analise dos combustiveis,mas nao estou comseguindo entender essa tabala,gostaria de saber melhor usar a tabela,ok

  2. Boa tarde meu nome é Jair gostaria de aprenderem a fazer o análises dos combustíveis eu não conseguir entender essa tabela..e como fasso para conseguir a tabela de temperatura e densidade

    • Olá, Jair obrigado pelo contato.

      Temos vários conteúdos gratuitos publicados em nosso Blog sobre análise de combustíveis. Para acessar você pode clicar aqui.

      Se você precisar de Curso Online: Aprenda como Fazer Análise de Combustives com Certificação você pode clicar aqui.

      Boa leitura, atenciosamente,

      Equipe Brasil Postos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here