A manutenção é uma das questões centrais nas atividades operacionais que envolvem os equipamentos de uma revenda de combustíveis.

Os equipamentos necessários para a operação de armazenagem, filtragem, transferência, contenção, lubrificação, medição e vendas de combustíveis constituem grande parte do capital investido em um posto de combustíveis.

Como qualquer outra indústria os equipamentos de um posto estão sujeitos ao desgaste com tempo de uso e este desgaste geralmente se reflete em custos operacionais mais altos e menor qualidade de serviço podendo inclusive paralisar a operação gerando prejuízos diários. Para manter os custos operacionais baixos e, ao mesmo tempo, manter uma boa qualidade de serviço a manutenção preventiva deve ser realizada de forma programada garantindo que os equipamentos estarão em pleno funcionamento.

Se o equipamento for consertado apenas quando apresentar problemas podemos considerar que, neste caso, terá sido feita apenas uma manutenção corretiva enquanto o indicado é que sejam realizadas as manutenções preventivas.

Na prática entende-se que a probabilidade de falha aumenta com a idade do equipamento e diminui drasticamente após a implementação de uma manutenção preventiva planejada.

Um posto de combustível inclui várias instalações e equipamentos que precisam ser mantidos com regularidade. Em particular, as unidades abastecedoras (bombas ou dispensers de combustíveis), tanques de armazenamento, sasc (sistema de armazenamento subterrâneo de combustível), filtros de óleo diesel, equipamentos de lubrificação outros equipamentos auxiliares que precisam ser mantidos em condições operacionais para desempenho eficaz e serviço rentável.

Para manter a funcionalidade de um posto de combustíveis todos os equipamentos devem ser mantidos por manutenção preventiva em horários programados ou reparados quando ocorrerem falhas.

A revenda de combustível é uma combinação de vários equipamentos conectados através de tubulações (linhas de abastecimento), tanques de combustíveis, sensores eletrônicos, sistemas de contenção e vários outros componentes que estão interligados e, muito deles ficam instalados sob o solo. Portanto é essencial garantir o desempenho adequado de cada componente para oferecer um serviço rentável, de alta qualidade e que minimize os riscos ambientais inerentes da atividade em um posto de combustível.

As atividades típicas de manutenção em um posto de combustível incluem:

  1. reparo mecânico de bombas, medidores e equipamentos de lubrificação,
  2. reparo de dispensador eletrônico e console de controle eletrônico,
  3. reparo do sistema de automação, incluindo medição automática de tanques, sistemas de detecção vazamentos e sistemas de ponto de venda,
  4. (POS), scanners de preços, leitores de cartões e links de comunicação,
  5. reparo do sistema de tanques, incluindo: tanques, bombas, detectores de vazamentos, tubulações, mangueiras, reservatórios de contenção e bocais,
  6. manutenção e reparos do sistema de lavagem de carros, caixa separadora de água e óleo e equipamentos auxiliares.
  7. Conferência dos quadros elétricos de distribuição de energia,
  8. Limpeza periódica de Reservatórios de Contenção (Sump de Tanque, Bomba, Spill, etc).
  9. Teste de estanqueidade,

Conclui-se que a execução de manutenção preventiva em momentos programados antes que um equipamento perca o desempenho ideal ajuda a fornecer níveis aceitáveis ​​de operabilidade de maneira eficiente e econômica. À medida que a manutenção preventiva aumenta, a necessidade de manutenção corretiva é reduzida e, posteriormente, o tempo de inatividade dos equipamentos também é reduzido.

Gostou do artigo? Fique atento nas redes sociais da CSMEPS  que toda semana publicaremos conteúdo de qualidade para ajudá-lo a garantir um meio ambiente sustentável através do uso de equipamentos de qualidade.

Quem somos  – A CSMEPS – Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos para Postos de Serviços e Soluções de Abastecimento foi criada em abril de 2016 para dar foco em sistemas  de armazenamento, transferência, filtragem, abastecimento e controles de fluidos, em especial combustíveis e derivados, englobando empresas associadas à ABIMAQ que produzem máquinas e equipamentos para todos os segmentos desde Postos de Serviços, Distribuidoras de Combustíveis, Transportadoras, Grandes Consumidores, Portos e Aeroportos, Agronegócio e Pontos de Abastecimento em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here