No mês de maio de 2019 a Volkswagen reformulou um modelo de caminhão pesado que agora passará a utilizar o Arla 32 para reduzir a emissão de poluentes em seus motores. A baixa competitividade dos sistemas que levam a tecnologia EGR foram a causa principal da mudança. Segundo consta nos sites de venda da Volkswagen, a nova versão do cavalo mecânico contribui para a maior produtividade na operação elevando os ganhos do frotista, que não perde uma viagem.

Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas Volkswagen Caminhões e Ônibus ressaltou: “A nova versão normal de produção do VW Constellation 25.360 veio para aumentar a competitividade da marca no mercado e atratividade do modelo. Proporcionando aos clientes uma opção original de fábrica que atende ainda mais suas exigências”.

A mudança mais significativa na reconfiguração dos itens presentes no Constellation 25.360 foram justamente a troca do motor MAN com sistema EGR pelo motor Cummins com sistema SCR que utiliza Arla 32 para reduzir as emissões de gases poluentes.

Desse modo, é possível observar que a reformulação do Constellation 25.360 foi motivada, principalmente, pelo parecer do consumidor final, que enxerga no sistema SCR uma escolha mais atrativa que o EGR.

A iniciativa da montadora tem por objetivo ganhar espaço entre os modelos mais pesados de caminhões, o que demonstra a força de crescimento do Arla 32 no Brasil.

Desse modo, o mercado de Arla 32 ganha mais um modelo de pesados utilizando o agente redutor, o que deve refletir no aumento de demanda pelo produto, além do mercado de caminhões ganhar mais uma opção robusta, confortável e produtiva. Aproveite essa oportunidade com segurança de quem é líder de mercado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here