O Termômetro Aprix e Brasil Postos de Recuperação da Revenda aponta 115 dias para que o setor de combustíveis, no ritmo atual, atinja os níveis de volume pré-crise!

O que é o Termômetro de Recuperação da Revenda ? A equipe Aprix vem acompanhando desde o início da crise o comportamento do mercado. Baseado nos dados monitorados, foi estruturado um modelo que prevê, considerando como premissa o comportamento atual, em quantos dias os níveis de venda retomarão àqueles pré-pandemia.

Em uma parceria inédita Aprix + Portal Brasil Postos, vamos divulgar semanalmente o Termômetro de Recuperação da Revenda, uma projeção que pretende dar referência ao mercado do ritmo de retomada.

Os dados de volume deste relatório se referem a uma amostra de 250 postos espalhados em 10 estados do país, com maior concentração nas capitais das regiões Sul e Sudeste.

Os preços apresentados são monitorados diariamente de forma automática por robôs através do enriquecimento de diferentes bases de dados e representam uma amostra
de mais de 7.500 postos em todo o território nacional.

👉 Essa análise completa e outras informações atualizadas sobre os impactos da crise no setor de combustíveis estão no relatório semanal da Aprix! Inscreva-se para receber pelo pelo link.

Em laranja claro (A) observamos a trajetória do Volume Total (Gasolina + Etanol + Diesel + GNV) desde o início da crise (09/03/2020) até agora (19/07/2020). Considerando que a velocidade de recuperação atual se mantenha, a linha pontilhada em laranja escuro (B) demonstra que devemos atingir os níveis de volume pré-crise em 115 dias, ou seja, na semana do dia 13 de novembro. Em comparação com a análise da semana passada, é possível observar que a velocidade de recuperação desacelerou e, portanto, o Termômetro aponta mais tempo até a recuperação total.

Para conferir essa e outras informações atualizadas sobre os impactos da crise na demanda e nos preços dos combustíveis, inscreva-se para receber o Relatório Aprix semanal.

Veja os destaque do relatório da semana passada : 

 

Para conferir essa e outras informações atualizadas sobre os impactos da crise na demanda e nos preços dos combustíveis, inscreva-se para receber o Relatório Aprix semanal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here