De acordo com dados divulgados pela ANP no final da semana passada, o consumo de combustíveis no Brasil teve um crescimento de 3% em 2011, totalizando 121,4 bilhões de litros. Comparado com o ano anterior, o acréscimo deixou a desejar, já que entre 2009 e 2010 o crescimento foi de 8,4%.
Para Allan Kardec, diretor geral da ANP, o responsável pelo baixo incremento foi a queda no consumo de etanol, que chegou a registrar baixa de 13,8% nas vendas. Segundo ele, a quebra de safra em 2011 e os reflexos da crise internacional de 2008 prejudicaram o mercado.
No entanto, Kardec acredita que neste ano será mais positivo. “A expectativa é que haja aumento de 10% a 20%. O consumo de combustível é um termômetro. O aumento é diretamente proporcional ao Produto Interno Bruto [PIB]. Como a expectativa é que haja crescimento, com aceleração da economia do país, a expectativa é que haja aumento do consumo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here