Como garantir que as entregas de combustíveis entrem no compartimento do tanque correto ?

Todos os consumidores, não importa o que estão comprando, querem receber o que pagaram. E quando problemas de entrega ocorrem seus sentimentos podem variar da raiva à traição e da confusão à frustração.

Os donos de postos também são e uma de suas compras mais importantes é a gasolina, o etanol e o diesel que eles fornecem aos motoristas que frequentam suas localizações. Comprar combustível, no entanto, é muito diferente de pedir algumas caixas de cerveja ou uma dúzia de caixas de barras de chocolate.

O problema ocorre porque os operadores dos postos de combustíveis não conseguem “ver” o que estão comprando. Certamente, eles podem observar o caminhão de combustível estacionado no pátio do posto e o motorista conectando mangueiras a vários tanques de armazenamento subterrâneos.

Mas como eles realmente sabem que o motorista está colocando o combustível certo – ou a quantidade certa de combustível – no tanque adequado?

De acordo com estudos do mercado de postos de combustíveis americano, uma em cada 14.000 entregas de gasolina resultará em uma mistura incorreta entre gasolina comum e premium ( aditivada). E em uma de cada 45.000 entregas, o diesel é colocado por engano em um tanque de gasolina, ou vice-versa.

Margens para erro

Como seres humanos, os motoristas de transporte de combustível – mesmo os mais sinceros e conscientes – são tão suscetíveis a cometer erros quanto qualquer um. Esses mesmos estudos de mercado mostraram que um motorista distraído é a principal razão por trás de uma entrega incorreta de combustível. Outra causa comum também pode ser atribuída à falibilidade dos seres humanos: tanques marcados com tipos de combustíveis pouco claros ou incorretos.

Além da raiva e da frustração que podem acompanhar os milhares de litros de combustíveis danificados, pode haver efeitos negativos de longo alcance.

O mais problema é que a ilha de abastecimento precisar ser desligada para esvaziar os tanques do combustível contaminado, tudo antes de um lote de combustível novo ser trazido e descarregado.

Segundo, o motor e outros sistemas operacionais dos veículos que recebem o combustível errado podem ser danificados. Quando isso acontece, os motoristas podem retornar ao revendedor para reparações ou podem optar por fazer negócios em outro lugar. Além disso, qualquer operação de limpeza ou dano ao veículo pode resultar em má impressão que pode manchar irreparavelmente a reputação do varejista e levar à perda de clientes.

Além do abastecimento incorreto de combustível, outra preocupação para os operadores do posto de combustível é a quantidade de entrega que pode ser diferente do foi contratada.

Minimizando erros

Levando em consideração todos os resultados negativos possíveis com entregas de combustível incorretas ou imprecisas, os operadores de postos de combustíveis precisam estar 100% certos de que estão recebendo o tipo e a quantidade certos de combustível comprados.

A indústria de combustíveis mudou do mundo analógico para o mundo digital com a tecnologia de monitoramento de tanques montada nos transportes de entrega de combustível. 

Agora, esses sistemas usam uma touchscreen fácil de ler e de usar, que se comunica sem fio com os componentes de monitoramento de operação e fornecimento de combustível do caminhão tanque. O sistema consolida o acesso do motorista aos diversos sistemas de controle em um transporte de combustível.

Por exemplo, se uma conexão incorreta entre o caminhão e tanque for tentada, essa nova tecnologia digital não permitirá que as válvulas do caminhão tanque se abram, portanto a entrega não começará. Na conclusão da entrega, que cessa apenas quando o compartimento de combustível está vazio, a aplicativo notifica o motorista que o compartimento está vazio e que todas as mangueiras e material de entrega podem ser desconectados com segurança.

Esses recursos significam que os dias de entregas incorretas ou as quantidades de combustível erradas podem em breve ser uma coisa bem-vinda do passado. Isso cria um cenário ganha-ganha-ganha para motoristas de transporte de combustível, operadores de postos de combustíveis e motoristas que dependem deles para abastecer seus veículos.

+++ Combustível e temperatura: evitando perdas

+++ O posto pode pagar por um volume maior de combustível do que recebe gastando mais do que necessário ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here