Acordo pela manhã e tento sair de fininho sem fazer muito barulho para não acordar a família. Quando, de repente, escuto meu filhinho de quatro anos:

_ Pai, aonde você vai?

_ Vou trabalhar, digo.

_ Posso ir junto?

Como resistir? Penso comigo: um crítico a mais para avalizar a comida será de boa valia, tendo em vista que o garoto tem vocação para cozinha e um olhar tanto curioso para a bomboniere.

_Bora amigão!

Desta vez deixo o American Muscle V8, no hotel. Abro meu app e chamo um Uber para fazer a rota, que desenhei. Quero um profissional, que trabalhe na rua e utilize o carro como ferramenta diária. Quero poder escutá-lo e entender suas considerações sobre as lojas de conveniência.  Acredito que se tivesse a opção de escolher, não teria tido a sorte de ter uma pessoa tão gentil e prestativa como o meu novo amigo: Luiz Villegas. Venezuelano, motorista de Uber, que busca uma vida melhor nos Estados Unidos, pois o governo de Maduro acabou com seu querido e amado país.

Villegas, frequentador assíduo das lojas de conveniência, me confidência o quanto ela é importante no seu dia a dia e, principalmente, por estar sempre aberta. Ter um ponto de apoio para descansar, usar o banheiro e ainda poder se alimentar é de grande utilidade, já que suas jornadas de trabalho são extensas.

Antes de partir para as lojas, que pré-definimos como sendo obrigatórias, tínhamos que parar nessa belezinha, que merece nossa atenção:  o Batata Burger, localizado na Station Store, 8911 Orange Blossom Trail, Orlando, FL 32809, Estados Unidos.

Essa maravilha dos deuses da comida é 100% hand craft e está localizada dentro de uma loja de conveniência em um posto sobre a bandeira da Mobil. Assim que cheguei, logo vi no totem, muito bem estampado, a propaganda de homemade burger. Que em tradução livre, quer dizer hambúrguer caseiro.

Antes de entrarmos na loja, já aviso ao nosso minichef, que me acompanha, para não me entregar para mamãe, uma vez que o café da manhã de hoje é hambúrguer.

_ Champions Breakfast, filho!!!

Fomos muito bem recebidos por André e Tatiana Rodrigues, casal simpático de brasileiros proprietários e idealizadores do Batata Burger e de mais cinco food trucks, em Deltona.

E notável a quantidade de food trucks em postos de gasolina nos E.U.A

André, mato-grossense, engenheiro agrônomo e Tatiana, paranaense, bióloga decidiram mudar-se para o Estados Unidos e montar seu negócio dentro de uma loja de conveniência. O casal diz que um dos motivos da escolha do ponto foi o movimento, que o posto e a loja gera.

Olhe que interessante neste modelo: o revendedor divide 50% do espaço dentro da loja com o casal, trazendo benefícios mútuos, tais como sinergia nas despesas da operação. Inteligente!  Além disso, bem sinalizado nas bombas, o food ofertado.  Com isso podemos constatar o conceito de venda crossover. Apresentam ainda um cardápio enxuto e muito bem elaborado indicando que ambos entendem do riscado.

André fala com orgulho do blend de carnes, que desenvolveu para os seus burgers. Uma mescla de cortes da melhor qualidade 100% boi Black Angus.

Em um bate-papo descontraído, explica que é muito bem servido de fornecedores, o que facilita seu trabalho; desde batatas, onion rings, saladas de extrema qualidade e muitos outros insumos, que chegam prontos e vem porcionados, facilitando a operação.

Já a outra parte dos insumos, busca em atacados como o Gordon foods, Sam’s e Restaurant Depot por terem preços competitivos e a possibilidade de se comprar carnes fresh e em peças para fazer um burger exclusivo. Ele relata ainda que esses são os principais fatores que o motivam a deslocar-se.

“Tenho a possibilidade de ter o burger aqui na porta, mas quero fazer o meu, pois ele é homemade. Minha clientela busca um fast food de melhor qualidade.”

Um dos slogans do Batata burger é always fresh, never frozen, isto é, sempre fresco e nunca congelado. Com certeza é seu grande diferencial frente aos gigantes do mercado americano. Ele tenta atuar na falha da indústria com todo seu foco na qualidade.

Entre uma conversa e outra, trocamos algumas figurinhas sobre a operação. Perguntei como funcionava a relação com os fornecedores, quando havia falta na entrega da mercadoria.

Sem hesitar, ele disse: _É perfeito!  Caso falte algum item, faz uma ligação e em 24 horas há a reposição imediata sem questionamento. A empresa acredita e confia no seu cliente revendedor.

Muitas empresas sabem que a insatisfação do cliente, no dia seguinte, pode ser suprida por seu concorrente. Neste momento, um mini flashback gigante veio a minha cabeça, ou seja, as inúmeras brigas com diversos fornecedores pelo call center. Lamentável como muitos tratam seus revendedores no Brasil. É surreal a falta de empatia e bom senso.

Acredito que devemos rever cada produto, que inserimos dentro de nossos estabelecimentos e fazer com que os distribuidores façam valer cada real que investimos naquele local.

O jovem casal ainda relata a dificuldade em fazer propagandas devido às exigências do condado em relação a poluição visual, o que dificulta a comunicação com seus clientes.

As mídias sociais no batata Burger, por outro lado, são muito bem trabalhadas.  Da mesma forma é espantoso ver sua alta qualificação na internet.

No requisito funcionários, o casal garante que é difícil encontrar um bom profissional abaixo de 20 pratas a hora. A contratação é trabalhosa e muito do serviço fica por conta do casal de chefs.

Enquanto conversamos, sinto um cheiro maravilhoso vindo da chapa. São os nossos cheeseburgers no estilo old fashioned, quase prontos e especialmente preparados por Tatiana Rodrigues.

André faz questão de provarmos esses para termos base para analisar a qualidade ao comparar com os de outros lugares.

Perguntei ainda sobre as taxas financeiras, ele me disse que gira em torno de 3% a taxa de crédito e a de débito  2.1 % + 12 cents por cada operação. Melhor do que muitas taxas ofertadas no Brasil.

Algo que noto no balcão, e me deixa bem curioso, é um equipamento que funciona a partir de aplicativos para gestão do Biz.

Todos os relatórios financeiros de cartões, movimentação em espécie, fechamento de caixa, mais a parte contábil são feitos por esse equipamento.

Você compra essa ferramenta e a aditiva com soluções para o seu negócio. Pequeno, moderno, discreto e eficaz. Prometo fazer uma matéria somente sobre o Clover.

Nossos burgers estão quase prontos e logo me acomodo em um sofá. Na primeira mordida sinto uma explosão de sabores, harmonia e bom senso.

O Burger, a salada crocante e o queijo de qualidade, tudo simples e perfeito como todo bom cheeseburger deve ser.

Está próximo do lunch time e vejo a Batata Burger começar a bombar e posso escutar campainhas de diversos equipamentos tocando dentro da cozinha são os aplicativos de comida. Esse tipo de serviço representa uma boa fatia do faturamento. Uber Eats, Door Dash e muitos outros, tudo para aumentar a receita.

Com a cozinha atarefada, me despeço desse casal maravilhoso, que nos acolheu de uma forma surpreendente. Obrigado amigos, pretendo revê-los em breve e óbvio com muita fome!

Veja alguns retratos desse incrível Food Truck:

Como os três mosqueteiros, Luís Villegas, Dudu e eu, seguimos em nossa jornada rumo a segunda maior rede de lojas de conveniência do mundo a Alimentantion Couchê Tard Inc, que desde 2016, vem bandeirando mundialmente a rede com a marca Circle K.

A loja, que visitei é uma convencional sobre a bandeira de um posto Shell. O Grupo ainda detém lojas intermediárias e mega store. Veja vídeo abaixo:

 

Apesar de ser uma loja convencional a quantidade de itens é incrível, assim como o display de tabacaria muito bem montado.

Em frente desse posto, havia um de maior porte com uma loja intermediária da Circle K sobre a bandeira da British Petroleum.

É amigo revendedor, o mercado americano não é para amadores!!

Enquanto vamos para a terceira maior rede de lojas de conveniências dos EUA, a Speedway, abro os aplicativos das lojas e é incrível quanto os apps geram de facilidades para os clientes. Programas atrativos e de uma forma contemporânea.

Vejo que Luiz Villegas está tão apaixonado quanto eu pelo canal. Ele faz questão de me mostrar cada detalhe, que eu possa ter esquecido, ou não tenha notado. Da arquitetura a qualidade do food.

Noto que na Speedway a operação é boa. Gerente com prancheta na mão e revisando os processos. Loja cheia e muito bem apresentada. A diversidade do food, por se tratar de uma loja convencional, é demais. É muito bem montada e agressiva em termo de ofertas com qualidade.

Agradeço e me despeço do meu novo amigo, Luis villegas, nesta última parada.

Enquanto aguardo minha carona, e espero minha esposa e filha, reparo o quanto os clientes interagem com as bombas no serviço self-service e as campanhas de rewards da companhia.

Após passear, por mais algumas horas, sigo em direção a meu hotel para descansar e ir para última etapa desta matéria edição especial nos Estados Unidos, onde iremos abordar a Race Trac, a rede Wawa e as conclusões finais.

Um grande abraço do Chef Borba.

 

E para completar o clima americano, abaixo, receita de:

 

Onions Rings à Heineken e páprica picante do Chef Borba

 

Ingredientes:

 

03 cebolas grandes em rodelas de 3 cm

1 colher de café de páprica picante.

01 Lata de Heineken

02 xícaras de farinha de trigo

01 colher de sopa cheia de mostarda

Uma pitada de sal.

02 ovos de preferência caipira.

 

Modo de preparo:

 

Misture uma xícara de farinha de trigo com a páprica picante, sal e reserve.

Pegue um bowl e acrescente a lata de cerveja gelada Heineken, os ovos e a mostarda. Com ajuda de um fouet, bata até que fique homogêneo e acrescente a farinha restante aos poucos, até que se torne uma massa de empanar. Leve à geladeira.

Passe as rodelas de cebola na farinha temperada e em seguida na massa de empanar e por último na farinha novamente.

Frite em uma frigideira com óleo quente. Até que fiquem douradas.

Retire do fogo, escorra o excesso de óleo, polvilhe sal e sirva em seguida com uma boa Heineken gelada e molho barbecue para chuchar.

 Bom appétit!!

 

Se você se interessa por informações do segmento de loja de conveniência acesse a Categoria Loja de Conveniência do Blog Brasil Postos.

+++ Dicas para ajudar aos novos empreendedores do segmento de conveniência

+++ A Loja de Conveniência e as Perspectivas para 2020

+++ O futuro das lojas de conveniência está na gastronomia

+++ Lojas de Conveniência à Beira-Mar – Veja as oportunidades!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here